Encontre Online
EnglishPortuguese

Mais de 500 pessoas atendidas por instituições são levadas ao Circo Stankowich

O Fundo Social de Mogi das Cruzes promoveu, na manhã desta terça-feira (21/12), uma sessão solidária no circo Stankowich, que cumpre temporada na cidade.  Ao todo, 300 pessoas, sendo a maioria crianças da Chácara Guanabara e do Conjunto Habitacional Vereador Jefferson da Silva tiveram a oportunidade – e muitos pela primeira vez – de ver de perto a magia de um espetáculo circense

A ação foi possibilitada a partir da parceria entre o Fundo Social e a direção do circo, que cedeu os ingressos. Todos tiveram transporte gratuito até o circo, que está instalado na Avenida Cívica e também no retorno a seus respectivos bairros. A sessão especial aconteceu das 10h às 11h.

“Foi sensacional. Eu vejo como uma oportunidade de proporcionar essa experiência para crianças e jovens que nunca foram ao circo. Também é papel do Fundo Social possibilitar que momentos especiais como esse aconteçam, ainda mais nessa época próxima ao Natal”, destacou a presidente do Fundo Social de Mogi das Cruzes, Simone Margenet Cunha.

A jovem Enara Cardoso, de 15 anos e moradora do Conjunto Jefferson, foi uma das beneficiadas. Ela conta que ficou ansiosa, contando os dias até chegar o grande momento. “Fiquei contando os dias e perguntando para as pessoas como seria. E foi bem melhor do que eu esperei”, destacou.

A mesma ansiedade tomou conta de Patrícia Silva, mãe de Sophia, de 12 anos. Apesar de o foco ter sido levar a filha, ela confessou que também nunca tinha ido a circo. “É minha primeira vez. Espero ver as melhores atrações”, disse.

Além das 300 pessoas levadas pelo Fundo Social ao circo, Secretaria Municipal de Assistência Social também levou hoje um grupo de 210 pessoas, de entidades sociais. Foram atendidas pessoas assistidas pela Associação Beneficente Novo Horizonte, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação Beneficente de Renovação e Assistência à Criança (ABRAC), Lar Batista de Crianças e Instituto Pró+Vida.

A ação  é uma das formas de complementar o trabalho desenvolvido nos territórios para ampliar o universo informacional e cultural, desenvolvimento de autoestima, inserção social, fortalecimento e extensão da cidadania, além de proporcionar experiências de conviver e se relacionar em grupo, o que contribui para a garantia da segurança de convívio familiar e comunitário.

Na semana passada, outras 387 pessoas assistidas em entidades vinculadas à Secretaria de Assistência também já tinham sido beneficiadas pela ação. Foram na sessão solidária do dia 16 de dezembro pessoas atendidas pela ASETE, Tradef, Residência Inclusiva, Abomoras, Centro Dia do Idoso, Associação Madre Esperança de Jesus, Associação Manuel Maria, Casa Emanuel, Associação São Lourenço, Acessuas Trabalho e Família Acolhedora.

 

Compartilhe Notícias Online Alto Tietê

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Recent Posts

Newsletter

Inscreva-se para receber nosso boletim informativo mensal para se manter atualizado

Postagens Relacionadas

EnglishPortuguese